.

Mensagem para a Srtª Marraiana Perez,

·

Tomo a liberdade de lhe escrever, e peço que me permita, visto que vi seu nome na reportagem abaixo:

·

http://oglobo.globo.com/economia/os-sem-lancha-da-cidade-classe-a-6398816

·

Me apresento: sou um Manezinho

·

Concordo com você, Marraiana Perez. Seria muito bom se tivéssemos aqui um Fasano, um Emiliano. Bom e bem. Seria bem, inclusive. Mas, lugares desenvolvidos, prósperos e civilizados, em qualquer parte do planeta tem, antes de tudo isso, serviços básicos de boa qualidade. Básicos quer dizer: escolas, saneamento básico em toda e qualquer ruela, hospitais bem montados, vida cultural, bons cinemas, bons teatros, bibliotecas. É o que queremos em Florianópolis, antes de mais nada, antes de tudo. Só depois pensaríamos em Fasanos e Emiliamos, ou então que venham junto e não depois dos tais “fasanos”.

·

Aliás, qualquer pessoa civilizada quereria isso antes de tudo. E você sabe, nem todo rico é civilizado. Você que lida com comércio de luxo já deve ter atendido aí na sua loja pessoas ricas, mas mal educadas, sem elegância no comportamento. Por que nem sempre o enchimento de um traje elegante é uma pessoa elegante.

·

Acho que você não nasceu aqui, não é mesmo? Eu nasci. Aqui nasceram também meus avós e meus pais, e também meus filhos e meus netos. Sou um manezinho legítimo. E sei do que minha cidade verdadeiramente precisa. E quero o melhor para minha cidade, por que eu, sim, amo esta cidade, do fundo do coração. Quero que todos usufruam dela, não só os ricos. Acho que o dinheiro é maravilhoso, abençoado, desde que não seja acompanhado de deslumbramento, nem de ignorância. E um rico ignorante é a coisa mais indesejável que existe.

·

Quem é que não gosta de boas roupas, bons vinhos, boa música, bons livros, quem é que não gosta de uma conversa inteligente com pessoas cultas e bem educadas? Quem não gosta de uma boa casa, confortável e acolhedora. Eu adoro isso. E mais, eu tenho isso na minha vida. E estou lutando e torço para que todos tenham. E só depois é que o luxo será bem vindo. Mas depois. E mais, luxo e elegância não são a mesma coisa, não são sinônimos.

·

Ademais, países ricos e civilizados não tem morros com favelas, nem gente miserável. Em países ou cidades civilizadas todos tem escolas, hospitais, esgotos, água tratada. Por isso são chamados “civilizados”.
·

Uma cidade sem os tais esgotos, escolas, etc,  ”pensa” que é rica, mas não é.

·

Uma pessoa rica sem consciência social, “pensa” que é rica, mas não é. É um toco enfeitado, nada mais.

·

E acrescentando: branco e dourado é o falso chic.

·

Para finalizar, envio a você um link interessante sobre elegância.

http://pensador.uol.com.br/a_elegancia_do_comportamento/

·

Atenciosamente,

Manezinho (do Preservemos Floripa)

·

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: